As dez construtoras com maior número de reclamações

As dez construtoras com maior número de reclamaçõesSe você está pensando em comprar um imóvel, seja na planta ou não, é bom ficar atento. Pois, a Fundação Procon – SP divulgou um ranking com as dez construtoras imobiliárias que possuem o maior número de reclamações, registradas entre 1° de janeiro a 10 de maio de 2012. A empresa mais apontada foi a Gafisa/Tenda, com 131 reclamações, em seguida figura a PDG com 57 registros, e em terceiro aparece a MRV, com 46 queixas.

De acordo com o Procon – SP, os problemas mais citados pelos usuários, neste período analisado, foram: atraso na entrega dos imóveis, o não cumprimento de alguma norma do contrato, dúvidas sobre taxas e cobranças indevidas, qualidade das construções e devolução de sinal. Vale ressaltar que a Fundação Procon-SP recebeu mais de três mil queixas, esclarecimento de dúvidas referente a compras de imóveis e pedidos de orientação.

Confira a seguir o ranking completo:

1º – Gafisa/Tenda (131)

2º – PDG (57)

3º – MRV (46)

4º – Nova Delhi Construtora (25)

5º – Atua (21)

6º – Capri Incorporadora (12)

7º – Cury Construtora (12)

8º – Living (11)

9º – Brookfield (9)

10º – Trisul (8)

Siga @fisgo no Twitter e fique por dentro de todas as notícias do site ou acesse: Fisgo.com.br.

Fontes: Jornal Extra; Veja

Siga o @fisgo no Twitter e fique por dentro de todas as notícias do site ou acesse: Fisgo.com.br.

Este artigo foi publicado em Imóveis, Mercado imobiliário e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , . Adicione em seus bookmarks o link permanente.

2 Responses to As dez construtoras com maior número de reclamações

  1. carolina alves silva disse:

    Bom dia, meu nome é Carolina Alves Silva , e estou tentando realizar o meu sonho da casa própria aki em Minas Gerais, porém estou muito decepcionada com o andamento da obra a qual comprei o meu ap na planta através da construtora Habitare, a previsão de entrega do imóvel do tal edifício Maquiné era de conclusão em 30 de julho de 2014 e hoje eles estão postergando para outubro de 2015, busquei orientação jurídica e penso em tomar as devidas medidas judiciais, para tentar buscar a resolução do meu problema, espero o conselho de vcs.
    Gostei muito das explicações que me foram passadas pelos advogados que consultei, pois me explicaram com clareza meus direitos e meus riscos nesse caso. O que não quero é deixar que a habitare faça o que bem entender.

    • Taina Carvalho disse:

      Boa tarde Carolina!

      Neste momento o melhor conselho que podemos dar é que você siga as orientações do seu advogado, levando em consideração os riscos que esta futura ação poderá ocasionar, como a demora na entrega do imóvel, por exemplo.

      Agradeço a sua atenção, abraços!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>