Comprar um imóvel usado nem sempre é fácil, evite problemas siga as nossas dicas

Comprar um imóvel usado nem sempre é fácil, evite problemas siga as nossas dicasAdquirir um imóvel usado nem sempre é uma tarefa fácil. A escolha, a parte burocrática, enfim, todas as etapas acabam se transformando em um momento estressante para quem não se programa. Em função disso, reunimos algumas dicas para os futuros proprietários, assim todos poderão realizar os procedimentos de maneira segura e por fim terem a certeza que fizeram um bom negócio!

DIRETO COM O DONO

  • A negociação direto com o dono é sempre indicada, pois ela poderá render números positivos. Porém, é bom ter todos os valores na ponta do lápis, em alguns casos o valor “economizado” com a corretora de imóveis acaba sendo gasto com um advogado, para checar documentações e escrever o contrato.

PREFERÊNCIA DO LOCATÁRIO

  • A Lei do Inquilinato (8245/91) dá preferência ao locatário na venda de um imóvel com contrato de aluguel vigente. Após a notificação, o morador tem 30 dias para fazer uma proposta de compra. Vale lembrar que o inquilino só terá a preferência se garantir as mesmas condições que outro comprador, como por exemplo, o mesmo valor.

CUIDADO COM OS IMÓVEIS MAIS VELHOS

  • Apesar dos imóveis usados, na maioria das vezes, apresentarem melhores preços, alguns acabam necessitando de reforma. O mais indicado é contratar um profissional para verificar a situação do local, após, veja quanto será gasto com o conserto e em seguida pesquise se realmente o negócio será vantajoso.
  • Alerta – confira com o síndico o valor do condomínio e com qual frequência aumentou nos últimos anos.

LISTA DE DOCUMENTOS

    •  No cartório de registro de imóveis, você pode solicitar: cópia da escritura, da matrícula do imóvel, e certidão negativa de 20 anos do bem.
    • Na prefeitura, solicite a certidão negativa da situação fiscal e enfitêutica.
    • Peça também a cópia dos documentos pessoais do vendedor e do cônjuge, e certidões negativas de protesto da Justiça Federal e dos executivos fiscais.

GARANTINDO A COMPRA

  • Antes de fechar qualquer proposta e fazer um compromisso de compra e venda (isso garantirá que o proprietário não desista da oferta) cheque toda a documentação.
  • Contrato – adicione uma cláusula solicitando sua rescisão caso eventuais problemas ocorram no imóvel ou na documentação.
  • Para garantir o compromisso, o pagamento de sinal é exigido. É indicado prever punições caso a quebra de contrato de ambos os lados se estabeleça.

Agora, consulte os classificados de imóveis, siga as dicas e evite problemas.

Siga @fisgo no Twitter e fique por dentro de todas as notícias do site ou acesse: Fisgo.com.br.

Fonte: ClipImobiliário

Siga o @fisgo no Twitter e fique por dentro de todas as notícias do site ou acesse: Fisgo.com.br.

Este artigo foi publicado em Imóveis, Mercado imobiliário e marcado , , . Adicione em seus bookmarks o link permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>