Postos de gasolina furtam combustível dos clientes

Postos de gasolina furtam comsbustível dos clientesGraças a uma reportagem realizada pela equipe do programa Fantástico, foi descoberto que postos de gasolina furtam combustível dos clientes. O programa da Rede Globo descobriu que os proprietários de alguns postos de combustíveis, instalam um equipamento sofisticado nas bombas, que é acionado através de um controle remoto, capaz de futar o cliente.

O golpe funciona da seguinte maneira: o cliente, sem perceber que está sendo enganado, pede uma determinada quantidade de litros de combustível. Na máquina aparece a mesma quantidade só que no tanque do carro não, que encontra-se com alguns litros a menos do que solicitado. Para desvendar toda a trama, a equipe do fantástico utilizou um veículo com um tanque extra e transparente, que ficou na mala do carro. Sem revelar que era uma reportagem, a equipe solicitava ao frentista 20 litros de combustível, e ao aferir a quantidade constatou que 2,410 Lt, não haviam sido colocados.

A reportagem ainda mostrou que uma placa instalada dentro das bombas reduz a pressão do combustível, o que dá uma diferença na quantidade fornecida e registrada pela bomba. Vale lembrar que a equipe do fantástico passou por postos de gasolina do Rio de Janeiro, São Paulo e Curitiba, todos os estabelecimentos visitados, apresentaram irregularidades.

A notícia ruim é que infelizmente até o momento, nenhuma maneira foi encontrada para os clientes se defenderem do novo golpe.

Siga @fisgo no Twitter e fique por dentro de todas as notícias do site ou acesse: Fisgo.com.br.

Fontes: O Globo

 

Siga o @fisgo no Twitter e fique por dentro de todas as notícias do site ou acesse: Fisgo.com.br.

Este artigo foi publicado em Caminhões, Carros, Motos e marcado , , , . Adicione em seus bookmarks o link permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>