Imóvel: dicas para a uma reforma segura

Imóvel: dicas para a uma reforma segura

Reforma, obra, ou qualquer palavra similar, causa calafrio e estresse só de pensar, ainda mais quando é na nossa casa. O final de ano é o momento mais propício para que as mudanças aconteçam, o período financeiro é favorável devido ao 13º, férias, e afins. Mas como organizar e manter toda a reforma de maneira que tudo ocorra bem, sem aborrecimentos e sem problemas? Para tornar essa missão possível e responder essas e outras perguntas reunimos algumas dicas.

  1. O planejamento
    • Identifique as principais necessidades
    • Verifique o valor disponível para a reforma
    • Verifique o custo para o conserto das próprias. Isso inclui o material utilizado e os profissionais para executar a reforma. Uma dica: pesquise e compare os valores e selecione os que se encaixam no seu orçamento.
    • Liste-as. Enumere de acordo com as prioridades.
  2. Escolha dos profissionais
    • Opte por indicação. Essa escolha é segura, assim você saberá as referências e os trabalhos feitos por ele.
    • Antes de finalizar a contratação, avalie a proposta. Não recorra apenas a um profissional, nesse fator, pesquise e compare valores também. Pechinchar é a alma do negócio.
    • Combine o pagamento em etapas, dessa forma, você evita que o profissional coloque a sua reforma de lado.

Tomando essas precações você evitará gastos indevidos e possível falta de dinheiro no decorrer da obra.

Se dentro do orçamento couber à contratação de um arquiteto ou engenheiro civil é válido contratá-los. É esse profissional que irá elaborar o projeto, ditar as regras da obra e estabelecer limites e prazos, assim você garante uma obra bem feita e executada dentro do prazo.

Siga @fisgo no Twitter e fique por dentro de todas as notícias do site ou acesse: Fisgo.com.br.

Fontes: Ig; Zap Imóveis

Siga o @fisgo no Twitter e fique por dentro de todas as notícias do site ou acesse: Fisgo.com.br.

Este artigo foi publicado em Imóveis e marcado , , , . Adicione em seus bookmarks o link permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>