Como usar corretamente o motor de popa em águas rasas

Como usar corretamente o motor de popa em águas rasasO que muitos navegadores, em especial, os usuários do motor de popa, não sabem é que para utilizar esse tipo de equipamento em águas rasas é necessário muito cuidado, pois o mal uso do motor ajustável pode provocar uma colisão marítima com algum obstáculo e  provocar  uso eventual de remos, que  é uma das consequências mais brandas que o navegante pode enfrentar, danos no hélice, na refrigeração e na rabeta e o mais grave de todos, graves acidentes. Para evitar esses problemas, o chefe de serviços da Yamanha, Emerson Oliveira,  mostra de forma eficaz, através de um vídeo, como usar de maneira correta esse tipo de motorização, em regiões mais rasas.

Resumindo: basta colocar o motor em ponto morto e após levantar a rabeta, lembrando que a hélice ou o sistema de refrigeração não podem ficar fora da água, enquanto o motor estiver nessa posição, ande com a embarcação em uma velocidade mínima, assim que a região apresentar uma maior profundidade coloque o motor de volta na posição normal. Simples né? Siga as dicas e navegue em águas rasas sem preocupação.

Siga @fisgo no Twitter e fique por dentro de todas as notícias do site ou acesse Fisgo.com.br.

Fontes: Revista Náutica; Ciclo Náutica

Siga o @fisgo no Twitter e fique por dentro de todas as notícias do site ou acesse: Fisgo.com.br.

Este artigo foi publicado em Náutica e marcado , , . Adicione em seus bookmarks o link permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>